Dívida pública municipal: janela de oportunidade ou monstro indestrutível?!

Dívida pública municipal: janela de oportunidade ou monstro indestrutível?!

0 2283

Por Anderson Luiz de Souza

Nos últimos anos vivemos em constate tensão, o fato se dá, por conta da política nacional como um todo e a crise econômica que ela gerou. Nos causa perplexidade as notícias trazidas a público, de como funciona na prática, os porões da democracia brasileira desvendada pela Operação Lava-Jato.

Os fatos fizeram aflorar um senso crítico e de indignação popular, afinal, todos estamos cansados de pagar a conta da irresponsabilidade com o dinheiro público.  Tal indignação não é diferente nos municípios, onde as realidades políticas são mais perceptivas ao cidadão.

TENDO ITAPERUNA COMO EXEMPLO: já, há alguns anos, seus munícipes demostram sua insatisfação com a maneira como os gestores municipais veem conduzindo a realidade financeira do município.

Os impactos da má gestão dos recursos públicos refletem na falta da execução de algumas políticas públicas, demandadas pela população local.

A afirmativa dos gestores é de que o município está endividado, como foi apontado em abril de 2013. Os gestores da época trouxeram ao conhecimento da população o tamanho da dívida pública do Município na ordem de R$ 66 milhões.

No último dia 5 deste mês, a atual gestão municipal também deu publicidade referente ao tamanho da divida, que está na ordem de R$ 60 milhões.

Os fatos falam por sim e o cerne da questão é: o tamanho da dívida do Município de Itaperuna.

Frente a tal fato nos restam algumas reflexões:

A projeção de gasto na ordem de aproximadamente R$ 90 milhões com cargos e funções gratificadas não aumentará o déficit do município no final destes 4 anos?!

Esta é a projeção ventilada nos sites de notícias locais sobre a REFORMA ADMINISTRATIVA APROVADA NA CÂMARA DE ITAPERUNA.

Outra questão a ser pensada é:

Quais são as medidas de contenção de despesa que a atual gestão está tomando?!

Quanto do percentual referente ao saldo devedor será abatido anualmente?!

Qual a previsão de valor total de diminuição da dívida em 4 anos?!

O momento poderá ser uma importante janela de oportunidades, imposta pelos fatos, que nos empurraria para uma visão diferente para com a máquina pública, mas, também poderá se tornar um monstro ainda indestrutível se não se conter da DÍVIDA PÚBLICA MUNICIPAL. É preciso frear este monstro!

Anderson Luiz de Souza é corretor de imóveis (Creci-RJ 064507) e membro do SINDIMOVEIS- RJ,  Sindicato dos Corretores de Imóveis do Rio de Janeiro.

SEM COMENTÁRIOS

Deixe um Comentário