Policiais do Norte e Noroeste reforçam segurança em Macaé

Policiais do Norte e Noroeste reforçam segurança em Macaé

0 81

Vinte e quatro policiais dos batalhões de Campos, Itaperuna e Santo Antônio de Pádua reforçam o policiamento desde domingo (10) em Macaé, no interior do Rio.

O motivo do reforço é o confronto entre policiais e bandidos na Comunidade das Malvinas, que terminou com um morto e um suspeito baleado.

O reforço é por prazo indeterminado e, segundo o comando do 32º Batalhão, ocorrerá “até que a segurança seja reestabelecida”. O objetivo do reforço é permitir que os policiais do batalhão da cidade mantenham o patrulhamento normal na cidade.

Os agentes dos 8º (Campos), 29º (Itaperuna) e 36º (Santo Antônio de Pádua) batalhões patrulham os acessos às comunidades Malvinas, Nova Holanda, Lagomar e Fronteira.

Confronto

Um homem morreu e outro ficou ferido após uma troca de tiros com policiais militares na manhã de sábado (9), na Comunidade das Malvinas. Segundo a Polícia Militar (PM), durante a operação foram apreendidos três fuzis, granada, drogas, munições e rádio transmissor.

Ainda de acordo com a PM, logo após a apreensão, houve uma outra troca de tiros com homens armados da mesma facção criminosa que atiraram contra o contêiner da polícia, que fica na Comunidade Nova Holanda. Os policiais revidaram a ação, mas, ninguém ficou ferido ou foi preso.

G1

SEM COMENTÁRIOS

Deixe um Comentário